Jovens coxinhas da base dos 28 vereadores da situação, em Campinas.

Jovens comunistas do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) votaram juntos com o PSDB contra a ampliação da participação da sociedade civil no eventual Conselho da Juventude em Campinas, que discutirá políticas públicas relacionadas à juventude da cidade. Além da juventude dos dois partidos, trabalharam juntos também seus representantes na Câmara de Campinas, para diminuir a importância do povo no Conselho.

É bem simples e até agora ninguém explicou: Havia um projeto de lei em que o Conselho da Juventude de Campinas seria composto em sua metade por indicação do governo e em sua outra metade pela indicação da sociedade civil, que somos nós mortais, que não temos salário nem cargos na prefeitura de Campinas e não devemos nada ao governo Jonas.

QUER APRENDER MAIS SOBRE GESTÃO PÚBLICA?

Jovens coxinhas da base dos 28 vereadores da situação, em Campinas.

O PT e PSOL apresentaram uma emenda para que 2/3 fossem indicados pela sociedade civil e só 1/3 pelo Jonas Donizete.

Argumentaram que o PT foi governo e poderia ter apresentado o projeto antes. Mas apresentou. O primeiro projeto de Conselho da Juventude foi apresentado por um vereador do PT em 2005, aprovado e mutilado, por isso não funcionava.

Só que agora, a Dilma só manda dinheirinho para o Jonas se tiver o conselho. Ele correu para aprovar e para isso mexeu seus bonecos na Câmara.

Oportunistas da base do governo Jonas reapresentaram um projetinho cheio de erros de português, que opta pelo Conselho composto em sua maioria por indicação do Jonas e “preferencialmente” por jovens.

Isso mesmo, um Conselho de Juventude composto “preferencialmente” por jovens.

São tão ruins os autores da Lei, em especial a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, que não sabem que o que é jovem, idoso ou criança é matéria de definição federal e regulamentação pelo IBGE, não pela Câmara de Campinas.

Aprovaram aquela porcaria. Retrógrado, inconstitucional, conservador e mal feito projeto. Quando o Conselho for montado, será montado pelo governo, montado pelo Jonas Donizete. Montado no sentido de rodeio, como se monta um touro, mas esse é manso. E o Jonas Donizete é bom peão de rodeio, já cavalga sua ampla base na Câmara há 1 ano.

Em toda generalização cometemos injustiças. Mas essa juventude aí, que apoiou esse projeto governista, é mansa ou fácil de manipular. Bebe da água do conservadorismo, do medo de perder o cargo, de perder a remunerada subserviência ideológica. Vendem o povo, os jovens e algo mais não por trocas mesquinhas, mas por troca nenhuma. Deviam ter algumas aulas com o PMDB.

O problema não é o fato institucional, a política entre Câmara e Executivo campineiros. Isso é dado. O problema é uma parte da juventude apoiar essa vergonha, como a UJS e o PSDB, repito, juntos.

 

Gostou? Muita gente não sabe dessas informações, compartilhe!

Deixe uma pergunta (ou resposta ou crítica!)