Eis uma ação importante do Tribunal de Contas da União (TCU), que vem se sensibilizando para as novas demandas brasileiras. Por ser muito técnico e pela própria natureza institucional, esse órgão acaba “isolado” da realidade do povo, por isso a notícia surpreende. Mais ainda: a ação servirá de exemplo para os Tribunais de Contas dos Estados.

Ontem (21/03/2013), o Tribunal de Contas da União (TCU) assinou um termo de cooperação com os Tribunais de Contas dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Mato Grosso e Maranhão que visa auditar integradamente as Unidades de Conservação da Amazônia.

QUER APRENDER MAIS SOBRE GESTÃO PÚBLICA?

Uma auditoria, além de verificar a legalidade e lisura dos processos de despesa pública, também pode ser operacional, captando boas práticas de um órgão e repassando o conhecimento a outros.

É possível que governança (capacidade técnica de governar) ambiental seja melhorada e também o repasse de recursos do governo federal seja melhor adequado às necessidades da Amazônia.

É um grande avanço do ponto de vista institucional, para o Estado brasileiro. Torçamos!

 

Gostou? Muita gente não sabe dessas informações, compartilhe!

Deixe uma pergunta (ou resposta ou crítica!)