É verdade que em ano de eleição mais obras são inauguradas, tanto no nível municipal, quanto estadual e federal. É um cálculo político, para maximizar os votos.

Mas há um outro motivo, até mais importante, que é o fluxo natural da despesa pública. O orçamento de cada ano é elaborado no ano anterior, logo, no primeiro ano de mandato o político está subordinado ao orçamento do ano anterior.

QUER APRENDER MAIS SOBRE GESTÃO PÚBLICA?

Suponhamos que o prefeito de sua cidade, eleito em 2012, tenha colocado uma unidade de saúde de um bairro no orçamento de seu 2º ano de mandato (2013) (um custo aproximado de R$ 1,5 milhões incluindo os equipamentos), porque é uma GRANDE PRIORIDADE do governo. É uma unidade básica de saúde grande, para atender uma região de 20 a 30 mil habitantes, aproximadamente e arredondando bem!

Pois bem, em 2013 será iniciada a licitação, isso se o projeto já estiver pronto. Numa prefeitura com técnicos muito competentes na área de licitação, o edital de uma Concorrência pode demorar meses para ficar pronto. Suponhamos que após a liberação da dotação orçamentária, em jan/2013, os técnicos demorem 2 meses para elaborar o edital (mar/2013). Se tudo der certo, a Concorrência, após aberta, demora no mínimo 2 meses para fechar e decidir quem é a empresa vencedora (jun/2013). Isso se o edital não for impugnado, que no caso de grandes obras normalmente é, porque as empresas querem dificultar que outras ganhem o contrato. Se for impugnado a licitação pode demorar até 1 ano…

Suponhamos que não houve impugnação e todo o processo anda rapidamente. São pelo menos mais alguns dias até a assinatura do contrato, com prazo para impugnação do resultado. Já é jul/2013.

Em setembro inicia-se a estação das chuvas e a construção civil fica prejudicada, porque com chuva o concreto não endurece, há maior risco de acidentes. Então as obras do posto de saúde só iniciarão quando a estação das chuvas terminar, em abr/2014.

Se a obra demorar 6 meses, será out/2014. Até colocar todos os equipamentos, que não são poucos, levará mais aproximadamente 2 meses (dez/2014). O posto de saúde poderá começar a funcionar no início de 2015, mas como qualquer prefeito, postergará um pouco a inauguração para que esta fique mais próxima das eleições (2016), para aumentar as chances da população lembrar que foi aquele prefeito que fez.

Bem, há grandes chances deste posto de saúde ser inaugurado entre mar/2015 e jul/2015 – aproximadamente 1 ano antes das eleições municipais e quase 3 anos após o início do mandato.

Tudo que é público é complexo, precisa de planejamento e de um controle rigorosos, adicione-se uma pitada de cálculo político.

Gostou? Muita gente não sabe dessas informações, compartilhe!

Deixe uma pergunta (ou resposta ou crítica!)