Palestrante: Manoel Martins
Realizado dia:16/09
Local: Auditório Gustavo Dutra(Pavilhão central)

Manoel Martins, bacharel em Administração Pública pela Unesp e mestrando em Gestão de Políticas Públicas pela Fundação Perseu Abramo, iniciou o segundo dia de palestras da I Semana Acadêmica de Administração Pública, falando sobre a ‘História da Administração Pública no Brasil e Seus Contextos Atuais’.

A história da administração pública foi contada a partir da metáfora da Gestação, Infância e Adolescência. Na primeira fase, o Estado Português foi considerado o pai do serviço público, enquanto a mãe era a aristocracia que se instalou no país a partir de 1808.

QUER APRENDER MAIS SOBRE GESTÃO PÚBLICA?

Em 1938, com a criação do Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP), nasce a Administração Pública, como objeto de estudo e trabalho. Neste contexto a burocratização era vista como uma proteção contra o patrimonialismo.

Já na fase da infância, com o Decreto 200/1967 ,houve um processo de descentralização das funções governamentais, dando maior autonomia para os Estados. Esta foi uma fase política conturbada e com tendências liberalizantes que perdurou até final de 1980.

A fase atual da Administração Pública no Brasil, da adolescência, teve inicio com a Constituição de 1988. Esta fase é marcada por crises econômicas e posteriormente, com a reforma do Estado de 1995, o fortalecimento do ideário neoliberal.

Dentre as perguntas feitas pela plateia  estiveram presentes as temáticas da profissionalização do serviço público e das oportunidades de trabalho dos formados em Administração Pública.

Redigido por: Paulo Vinicius Penha da Silva, 5º período de Administração Pública, UFRRJ.

Fonte: http://cursos.ufrrj.br/grad/admpublica/i-semana-academica-de-administracao-publica/

Gostou? Muita gente não sabe dessas informações, compartilhe!

Deixe uma pergunta (ou resposta ou crítica!)